Peças de vestuário feitas a partir de plástico reciclado… Impacto? Consequência? Benefícios?

Peças de vestuário feitas a partir de plástico reciclado… Impacto? Consequência? Benefícios?

Impacto da indústria têxtil

Como sabemos, a indústria têxtil é a segunda indústria mais poluente do mundo. 

Cada ano, a quantidade de roupas produzidas no mundo continua a aumentar, principalmente devido ao desenvolvimento daquilo que é chamado de “fast-fashion”, isto é, uma produção massiva de vestuário, num curto espaço de tempo, com pouca qualidade e com fracas condições de trabalho (ética no trabalho). A etapa da produção propriamente dita é muito poluente, com emissões que representam  2% das emissões globais de gases. O consumo excessivo de roupas resulta em muito desperdício = poluição.

Resultado

Em 2020, a produção global de plástico ultrapassou 367 milhões de toneladas. Os números são impressionantes, considerando que a grande maioria dos produtos acaba nos nossos Oceanos.
A produção de plástico continua a aumentar, uma vez que é muito usado para fazer roupas a partir de fibras sintéticas, como o poliéster, que representou 52% da produção global de roupas em 2020.

Benefício do PET

A reciclagem tornou-se uma solução real. Por esta razão, o plástico mais fácil de reciclar é o PET (polietileno tereftalato). O PET provem principalmente de garrafas de água recicladas. As ditas garrafas são recolhidas, limpos, trituradas e fatiadas, para depois serem fiados como lã.

Dar uma segunda vida ao plástico significa poupar recursos naturais e combater todos os tipos de poluição. O poliéster reciclado evita que o plástico seja incinerado ou vá parar no organismo de animais aquáticos, devido à liberação de dióxido de carbono. A produção deste material (PET) emite 40% menos gases de efeito estufa do que o poliéster virgem.

Estas peças de vestuário são tão duráveis, leves, confortáveis e económicas como outros materiais, mas têm a vantagem de serem muito menos poluentes.

Esta consciência ambiental deve continuar, para podermos todos viver em harmonia com a natureza.

EN version:

Impact of the textile industry

As we know, the textile industry is the second most polluting industry in the world. To shop with a lighter spirit, recycled plastic clothing is a fairly simple solution to approach…

Every year, the amount of clothing produced in the world continues to increase, in particular due to the development of fast fashion. The production stage is very polluting, with emissions representing no less than 2% of global gas emissions. Excessive clothing consumption creates a lot of waste.

Result

In 2020, global plastic production exceeded 367 million tons. The numbers are staggering considering that the vast majority of products end up in the ocean. However, the production of plastic continues to rise as it is heavily used to make clothing from synthetic fibers such as polyester, which accounted for 52% of global clothing production in 2020.

Benefit of PET

Recycling has become a real solution. For this reason, the easiest plastic to recycle is PET (polyethylene terephthalate). Mainly used in water bottles, they are collected, cleaned, shredded and sliced, to then be spun like wool.

Giving a second life to plastic means saving natural resources and fighting all types of pollution. The recycled polyester prevents the plastic from being incinerated or ending up in the whale's belly due to the release of carbon dioxide. Finally, its manufacture emits 40% less greenhouse gases than virgin polyester.

These garments are as durable, light, comfortable and economical as other materials, but have the advantage of being much less polluting.

This environmental awareness must continue, in order to be able to live in harmony with nature.